INAD 2011


A data escolhida pela organização internacional para o ano de 2011 foi o dia 27 de abril.

Slogan e arte

O slogan, elemento importante da campanha, foi desenvolvido em discussões entre os participantes da coordenação nacional, a partir dos resultados de um concurso realizado entre os alunos da escola de ensino fundamental Tuffi Dippe, de Joinville-SC, como estratégia da campanha em 2010. Depois de extensas discussões, o  slogan escolhido foi “não deixe o ruído invadir nossa cidade“, sendo esta frase a parte da letra “um mal que não escolhe / nem pessoa nem idade / não deixe o ruido / invadir nossa cidade”, que será transformada em música para a vinheta da campanha 2011. A parte “não deixe o ruído invadir nossa cidade” deve ser adotada como slogan mínimo em todos os materiais de divulgação .

Para obter o material de divulgação em formato .pdf, clique aqui.

Estratégias para o ano 2011

A criatividade dos parceiros locais culminou em diversidade de atividades que deu visibilidade para a campanha. Da mesma forma, porém, a extensão da campanha e, principalmente, a extensão geográfica do Brasil, está começando a dificultar a coordenação no âmbito nacional. A fim de dar continuidade ao incentivo de ações locais em respeito às identidades regionais, mas de forma a não descaracterizar os propósitos da campanha e padronizar o material de divulgação (impresso, vinhetas de rádio, …), a coordenação nacional reformulou algumas diretrizes da campanha para 2011. Entre as orientações para fazer quaisquer materiais de divulgação consta, por exemplo, a exigência de menção da campanha nacional, bem como da incorporação da logomarca da ABA como instituiçção  principal de apoio com o devido destaque.
Os organizadores também têm discutido o fato de que a ação alerta para os propósitos da campanha, mas de forma pontual, e gostariam de incentivar em 2011, ações que tenham uma repercussão mais duradoura, por entender que somente assim haverá mudança de hábitos e conscientização para a problemática. Além disso, foi observado o freqüente descarte do material impresso, que gera outro tipo de poluição: o lixo. Sendo assim, a proposta de 2011 é que as principais ações sejam voltadas a escolares, por entende-se que a mudança de mentalidade deve ser fomentada desde cedo e que, além disso, a preocupação dos pais em relação à formação das crianças é uma importante ferramenta para impactar hábitos já cristalizados na sociedade. Neste contexto, tem sido realizadas e incentivadas algumas ações em escolas.

A coordenação geral da campanha incentiva iniciativas inovadoras e que sejam sócio-político-geograficamente contextualizadas, porque aumentam a visibilidade da campanha e proporcionam maior repercussão na mudança dos hábitos da população em relação à poluição sonora e saúde auditiva com base em demandas locais. Algumas atividades que, segundo os organizadores locais, alcançaram resultados satisfatórios em edições anteriores serão repetidas em 2011, como, por exemplo:

  • Estabelecimento do minuto de silêncio no horário estipulado pela campanha internacional;
  • Divulgação dos propósitos da campanha por meio da afixação de cartazes em ônibus circulares inter e intra municipais, metrôs, repartições públicas, entre outros locais de grande concentração e/ou circulação de pessoas;
  • Distribuição de cartilhas de cunho educativo, com informação sobre o assunto, em locais de grande circulação de pessoas;
  • Veiculação da vinheta em emissoras de rádio e outros meios de comunicação em massa;
  • Veiculação do material oficial da campanha em redes sociais e outros meios de comunicação em massa;
  • Atividades lúdicas acerca da poluição sonora com alunos do ensino infantil e fundamental de unidades de educação públicas e privadas;
  • Medição de ruído e divulgação dos resultados em diferentes locais;
  • Mobilização de estudantes de graduação de Fonoaudiologia, Engenharia Acústica, Engenharia Ambiental e de outros cursos de áreas afins;
  • Reuniões com entidades governamentais determinantes de políticas públicas ambientais e da saúde;
  • Concurso para escolha do slogan para a campanha 2012.
  • Desenvolvimento de jogos educativos (eletrônicos e não-eletronicos)

 

135 municípios participaram em 2011 do INAD no Brasil

Confira os resumos das atividades realizadas no INAD 2011