Poluição sonora é assunto de matéria no Jornal do almoço no RS


A poluição sonora em Porto Alegre é assunto de uma reportagem no Jornal do Almoço no RS.

Apesar do interesse da matéria, precisamos alertar que foram feitos alguns erros técnicos graves no que concerne às medições e às conclusões. Primeiramente, a reportagem alega que teriam sido obtidos os níveis de pressão sonora sem ponderação, pois apresentam-se valores de x dB. Porém, a norma estabelece que os níveis de pressão sonora (NPS) tem que ser medidos com ponderação A e, na última imagem do vídeo, pode-se conferir que a ponderação escolhida no medidor de nível de pressão sonora (MNPS) da brigada ambiental é a ponderação A mesmo. Assim, todos os valores apresentados na reportagem deveriam ser acompanhados da pseudo-unidade dBA e não dB.

Segundo, o instrumento para medir é um medidor de nível de pressão sonora e não um decibelímetro.

Finalmente, não é correto comparar os valores obtidos nas medições realizadas durante alguns minutos com os valores máximos permitidos pela norma ou pelas leis municipais, pois os últimos são valores equivalentes para o dia ou a noite toda.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *