Senado lança campanha de divulgação do Teste da Orelhinha com parceria da ABA


“Teste da Orelhinha: rápido, não dói e gratuito” é o mote da campanha institucional que será foi lançada, nacionalmente, pelo Senado Federal, durante coletiva de imprensa no dia 06 de outubro, na Sala de Audiências da Presidência da Casa.

A lei 12.303/2010, projeto de autoria do senador Inácio Arruda, obriga hospitais e maternidades a realizarem, gratuitamente, o teste da Orelhinha (Emissões Otoacústicas Evocadas). O objetivo da campanha é divulgar junto à população os benefícios sociais e de saúde em torno da realização do exame.

Durante a Coletiva de Imprensa foram apresentados dados específicos e atualizados sobre a surdez no País e o impacto financeiro, a curto e longo prazos, nos cofres públicos. De acordo com a Fundação Hear the World, atualmente apenas 5% dos recém-nascidos se beneficiam do procedimento que detecta problemas auditivos, denominado Triagem Auditiva Neonatal Universal. “Com a realização dos exames e prevenção, os gastos públicos com educação especial e implantação de próteses são reduzidos e a adaptação social e cognitiva das pessoas com deficiência torna-se efetiva”, defende a presidente do Conselho Federal de Fonoaudiologia, Bianca Queiroga.

A Campanha possui como parceiros do Senado, a Academia Brasileira de Audiologia – ABA, a Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, a Sociedade Brasileira de Pediatria, o Conselho Federal de Fonoaudiologia e o Grupo de Triagem Auditiva Neonatal – GATANU, que tiveram suas representações durante a cerimônia. A Profa. Dra. Alessandra G. Samelli – Diretora/1a secretária- representou a ABA neste importante evento.

Para saber mais sobre a campanha, bem como obter os vídeos e materiais de divulgação, acesse o hot-site: http://www.senado.gov.br/senado/campanhas/orelhinha/default.html

Visite o site da ABA: http://www.audiologiabrasil.org.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *